Marinheiro entrega chaves para a parceira LA Sports

capa

Primeiro quero dizer que torço mesmo pra que de certo, mas hoje vi uma situação ruim com alguns profissionais que merecem o nosso respeito. E acabei pensando e escrevendo isso.

Vamos aos fatos…

Chamaram o Agenor para conversar, o mesmo tinha propostas de mais clubes, acertou com o Marinheiro e saiu na caça de atletas juntamente com a diretoria. Trouxe alguns, separou mais outros da base e mais outros foram contatados para chegarem na sequencia…

Agenor e Diretoria chamam Jurandir Godzik, o qual preparou o time campeão do interior do RS que deu um baita sufoco no Grêmio. Este também tinha propostas de outros times. Veio pra cá por ser perto de casa, (mora em Joinville) e por ter sido atleta do Agenor em outros tempos.

O papo na contratação dos jogadores era que precisávamos contratar jogadores comprometidos com o clube e com a Cidade. E ao que parecia aos poucos ia se formando o grupo, que sem alarde veio trabalhando esses dias e hoje enfrentou um misto(misto quente) do Avaí. O clima era bom e os jogadores todos sabiam das reais condições do clube. Tinha que jogar bem pra ter casa cheia e renda. Caso contrario a coisa poderia desandar, era um grupo comprometido.

A parceira LA Sports, chega mandando, o clube que aparentemente não tem um centavo furado, não opinará em mais nada daqui pra frente. Se a ”parceira” já chega mandando no começo, penso como será mais adiante. Quanto ao grupo, chega com pelo menos 15 jogadores na segunda feira e toda a comissão técnica. Sim, toda a comissão técnica.  Ao atual ex-técnico, sobraria o cargo de diretor técnico. Agenor Piccinin é 12 vezes campeão da segunda divisão Catarinense, 2 vezes campeão da série A. Ganhou algumas Copas Santa Catarina. Quem é Paulo Turra? (Com todo o respeito) não acredito que o Agenor aceite, e nem é justo com ele, coloca-lo como Diretor Técnico. O dia que fosse pra mandar o técnico embora ainda ficaria como traíra.

Quanto ao Godzki, este terá de procurar um novo emprego, a comissão técnica nova, já tem preparador físico,  os outros quatro clubes que teriam feito propostas ao profissional já estão com as vagas preenchidas.

Os jogadores ‘’comprometidos’’ com o clube e com a cidade que já estavam aqui e tinham aceitado jogar por um salário baixo, vão continuar. E serão queimados aos poucos. O clube precisa honrar os contratos, eles farão parte do elenco. Mas com certeza os atletas da parceira serão os titulares e a base da equipe.

Até que ponto queimar os poucos ídolos que temos, Agenor, Leandro Branco…será que não dava mesmo pra ir com o que tinha. Quem escreve o texto é um Marcilista doente, que boa parte do ano acompanha o Corinthians, mas que quando o Marinheiro começa a jogar, até mesmo uma sem graça Copa Santa Catarina, esquece de tudo e acompanha o Marinheiro onde ele vai.

Senhores, boleiros que leem o texto deste escriba. Não posso escrever tudo o que sei, mas quem é boleiro entende de onde vem o meu sentimento e de quem peguei o mesmo. O nosso Marcílio tem história que precisa ser respeitada, porém, precisa respeitar a história dos seus ídolos e dos profissionais que passam por aqui, também.

A LA Sports é sim, uma empresa idônea e que tem um retrospecto interessante em vários outros clubes. Tomara mesmo que de tudo certo e o Marcílio chegue a uma Série A de Brasileiro, como o pangaré do Avaí chegou.

Mas o que vamos fazer durante esse caminho, as pessoas, os atletas que vamos queimar, isso é muito importante. Caso contrário, o dia que a ‘’parceira’’ sair, não vai sobrar nada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: