Joinville bate o Brusque, e goleiro deixa gramado com suspeita de fratura

By Patrick Schneider

Wender se machuca ao tentar defender pênalti na derrota de sua equipe por 3 a 2, na Arena Joinville. Veterano Viola marca um dos gols da partida

Um jogo de cinco gols, mas quem mais chamou a atenção na vitória do Joinville por 3 a 2 contra o Brusque, na Arena Joinville, na noite desta segunda-feira, foi o goleiro Wender. No primeiro gol do time da casa, o jogador machucou o braço esquerdo depois de cair de mau jeito ao tentar defender a cobrança de pênalti de Lima. O atleta deixou o gramado diretamente para o hospital, com suspeita de fratura. A previsão inicial é de 30 dias afastado.

 

O time da casa contava com a estreia do técnico Mauro Ovelha e saiu na frente aos 14 minutos do primeiro tempo, no lance inusitado envolvendo Wender. Lima cobrou o pênalti, com paradinha, e abriu o placar. O segundo do Joinville saiu aos 30, com Eduardo, que recebeu na entrada da área e chutou forte para ampliar.

//

O Brusque descontou aos 15 do segundo tempo, com Viola cobrando pênalti sofrido por Pantico. Os visitantes partiram para cima, mas o Joinville chegou ao terceiro aos 46, em mais um pênalti, desta vez cobrado por Ricardinho. Ainda deu tempo para Pantico, dois minutos depois, marcar de falta e decretar o placar final: 3 a 2.